Saiba quais são as modificações e adaptações necessárias para ter uma casa segura para idosos

09/12/2020

A partir de uma certa idade, os papéis são invertidos e cabe aos filhos ter responsabilidades para garantir o bem-estar físico e psicológico dos pais.
O sonho da maioria dos idosos é o de conseguir ficar na sua própria casa onde todas as suas memórias estão alojadas. Para que isto seja possível, existe uma série de precauções que são necessárias ter em conta para minimizar a probabilidade de acidentes e imprevistos.
Este artigo enumera algumas das dicas que vão criar uma casa mais segura e à prova de idade:
● Faça um check-up geral: O primeiro passo para transformar uma casa segura para idosos é o de percorrer todas as divisões, sem exceção, e procurar potenciais problemas;
● Reorganize os móveis: Assim, se for necessário, mude os móveis de sítio ou de orientação, de forma a que os corredores de passagem fiquem totalmente libertos e com espaço para auxiliares de motricidade, como muletas, andarilhos ou até mesmo cadeiras de rodas;
● Tapetes: As bordas de um tapete podem começar a enrolar e acabar por servir de rasteira aos pés das pessoas com mais idade. E uma queda pode resultar em danos bem complicados nos casos das idades mais avançadas;
● Iluminação: Quanto melhor for possível ver o que está ao redor de cada uma das divisões, menor o risco de tropeçar, deixar cair alguma coisa ou não encontrar um objeto importante;
● Reorganize os armários: Faça uma grande vistoria a todos os armários, do quarto à cozinha, e arrume tudo o que for de consumo e utilização diária em armários ao nível dos olhos;
● Barras de apoio para a casa de banho: A casa de banho é uma das divisões mais perigosas para pessoas com alguma idade. Evite tropeções e quedas com a ajuda destas barras;
● Limpeza Regular: Além das limitações físicas, os sentidos não estão tão apurados e os standards acabam por baixar. Contrate ajuda profissional para garantir que a casa se mantém limpa e organizada, pois uma limpeza deficiente pode prejudicar a saúde de quem lá habita;
● Sistema de alarme e videovigilância: Instale um sistema de alarme e videovigilância em casa deles, o que vai, por um lado, dissuadir potenciais gatunos e, por outro, aumentar o sentimento de segurança de quem lá vive.