Como começar a poupar para a reforma

12/07/2019

 

Comece hoje a pensar e a planear a longo prazo. Nunca se sabe quando surgirá uma emergência. Por esse motivo, ter uma conta poupança vai ajudar a enfrentar as adversidades. Estabeleça objetivos e prioridades. Tem um sonho que gostaria de cumprir? Não espere pela hora certa para começar e avance já com um plano poupança.

Faça um orçamento, tenha consciência de todas as suas despesas, apontando o total dos rendimentos e o total dos encargos mensais, fixos e variáveis. Analise a balança final e perceba se pode avançar com um Plano Poupança Reforma.

De seguida, avalie o que na sua rotina é de facto essencial, e o que pode reduzir da lista. Tente reduzir ao máximo a despesa. Avalie tudo o que pode ser ajustado ao rendimento atual.

Por outro lado, tente aumentar os rendimentos, seja através do emprego atual, ou tentar uma segunda ocupação que lhe permita um rendimento extra. Acima de tudo evite acumular gastos que não consegue suportar.

Atualmente os cartões de crédito facilitam a vida por um lado, mas por outro levam-nos a ceder à tentação de gastarmos mais do que o que podemos e devemos. Se para si a utilização do cartão de crédito é importante, tente monitorizar os gastos, pague cada dívida no fim de cada mês, não compre por impulso e cumpra o orçamento estabelecido. Apesar disso, se quer mesmo poupar, a melhor opção é deixar de utilizar o cartão de crédito.

Informe-se junto do seu mediador sobre as opções de PPR existentes no mercado. Após ter refletido sobre todos os pontos defina o valor que vai poupar mensalmente, preferencialmente numa conta criada para o efeito.
Muitas tentações vão surgir ao longo do seu plano. No entanto, terá que ter controlo e ter sempre em mente os objetivos e prioridades definidos.