Carro com matrícula e apto a circular tem que ter seguro. Explicamos porquê

Um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça Português revelou uma informação que, para muitos, é uma novidade. Segundo o tribunal, todos os carros que estejam estacionados num terreno particular ou na via pública em condições de circular e matriculados têm de ter o seguro em dia.

O que fazer se tem um carro, mas não circula com ele?

Se tem um automóvel, mas não circula com ele, nem tem intenções de o fazer nos próximos tempos, deve pedir o cancelamento temporário de matrícula (que tem uma duração máxima de 5 anos), ficando assim isento não só do pagamento do seguro, como do imposto único de circulação.

Caso não utilize o carro ou apenas o use em provas desportivas ou em recintos privados não abertos à circulação, deve mesmo pedir o cancelamento temporário da matrícula. Passada meia década, ou requer a reposição da mesma ou o seu cancelamento definitivo. Caso contrário, pode ser sancionado com coima nos termos legalmente em vigor.

Iniciar chat
Precisa de ajuda?
Olá.
Podemos ajudá-lo?